Primeiros passos do PERS so apresentados em audincia pblica

 
   
  Nesta quinta-feira (10), de audincia pblica em que foi apresentada a verso final do Plano Estadual de Resduos Slidos do Rio Grande do Sul (PERS-RS) com a participao da secretria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentvel, Ana Pellini. O evento ocorreu no auditrio do Centro Administrativo Fernando Ferrari (CAFF), em Porto Alegre. O Plano prev propostas e metas para oito tipos de resduos incluindo demandas e sugestes obtidas em dez audincias regionais e mais de 35 rodadas de debates com instituies geradoras.

Segundo a secretria Ana Pellini o instrumento demonstra sua importncia medida que, sendo construdo atravs do conhecimento de vrias pessoas, possibilita a transferncia de experincias e incluso de novas tecnologias no processo. Esta questo do tratamento de resduos slidos muito importante por ter um reflexo significativo na proteo ambiental, destacou. Ela afirmou ainda que o desafio transformar esse passivo em ativo para a sociedade usufruir atravs da indstria de transformao.

Foram definidas duas iniciativas como prioritrias a serem implementadas junto s prefeituras municipais. Na rea de licenciamentos ambientais e tambm visando melhorar os processos de gesto dos resduos slidos gerados nos municpios. J esto agendadas capacitaes ministradas por tcnicos da Sema, nos dias 21 de setembro, em Pelotas, para municpios da Zona Sul e no dia 30 de setembro, em Tramanda, para as prefeituras do Litoral. Esta ao busca atender s demandas recolhidas nas rodadas de audincias regionais efetuadas em 2014, durante a elaborao do Plano Estadual de Resduos Slidos (PERS-RS).

O coordenador da Assessoria Tcnica da SEMA, Valtemir Goldmeier informa que o Rio Grande do Sul vai dar continuidade ao convnio com o Ministrio do Meio Ambiente. Dentre as aes decorrentes das Audincias Pblicas do PERS a serem priorizadas destacam-se: a implantao do servio de coleta seletiva da coleta seletiva em todos os municpios do Estado em at dois anos. Complementando esta ao, articular com as administraes municipais a implantao de centrais de triagem e transbordo, devidamente licenciadas. Tambm ser priorizada a implantao de centrais de compostagem orgnica.

As aes sero implementadas nas regies do Litoral, Campanha e Fronteira Oeste, com projeto-piloto, abrangendo vrios municpios de cada localidade.



GERADORES SE MOBILIZAM

Foi destacado a formao de um Grupo de Trabalho, coordenado pela Cmara Tcnica de Resduos Slidos para analisar as sinergias possveis visando a implementao de aes concretas de logstica reversa, demanda citada com frequncia nas Audincias Regionais do PERS-RS. A equipe esta composta, neste momento, por representantes do Sindicato das Industrias de Material Plstico ( Sinplast), Sindicato das Indstrias Farmacuticas (Sindifarma), Sindicatos dos Engenheiros (Senge), Sindicato dos Hospitais (Sindhospa), Sindicato dos Atacadistas ( Sindiatacadistas), Associaes de Santas Casas e Federao das Indstrias do Rio Grande do Sul (FIERGS) e liderados pela Cmara Tcnica de Resduos Slidos seo gacha da Associao Brasileira de Engenharia Sanitria e Ambiental (ABES-RS), tendo o pelo Engenheiro Mario Saffer como coordenador.

O PERS-RS, foi apresentado e aprovado no Conselho Estadual do Meio Ambiente (CONSEMA) no dia 16 de julho de 2015 e o relatrio completo e o Resumo Executivo do Plano esto disponveis para consulta nos links abaixo:
 
   
     
     
     
 

Data: 15/09/2015

 
 

   Verso final do Plano Estadual de Resduos Slidos (PERS-RS)

 
 

   Resumo Executivo do Plano

 
 

   Apresentao realizada no evento